A Hipertemia Maligna caracteriza-se por estado hipermetabólico, primariamente nos músculos estriados do sistema esquelético pelo incremento na concentração mioplasmática de cálcio, levando a uma inativação dos filamentos de actina e miosina e acidose metabólica e respiratória.Os principais deflagradores são succinilcolina e anestésicos inalatórios.

O tratamento definitivo é feito com Dantrolene, um inibidor da Rianodina que age impedindo a liberação anormal do cálcio do retículo sarcoplasmático.